Com o objetivo de frear a disseminação do novo coronavírus, o prefeito Joaquim Neto anunciou “lockdown” em Alagoinhas, pelo prazo de 7 dias, a partir desta terça-feira (30).

A decisão tem por base a realidade epidemiológica do município, que apresentou, nos últimos 26 dias, um aumento de 347 % no número de casos confirmados e uma taxa de crescimento de 6,82%, nas últimas 24h.

“Estamos monitorando todos os dias esses indicadores, com muita responsabilidade e cautela, mas chegamos a um ponto da pandemia em que medidas mais rígidas precisam ser adotadas. Hoje, o município conta com Centro de Referência montado na UPA e eficiência na regulação de pacientes que necessitam de UTI para Salvador, conforme pactuado com o governo do estado, mas teremos um colapso no sistema de saúde se não forem implementadas ações que evitem a aceleração da doença”, explicou o prefeito Joaquim Neto.

Ainda de acordo com o gestor, diante do número crescente de casos na região, a expectativa é de que outros municípios também adotem a estratégia.

Os detalhes sobre o “lockdown” constarão em novo decreto, que será publicado nesta segunda- feira (29), em edição extraordinária do Diário Oficial do Município (DOEM).

Deixe uma resposta