Com alguns campeonatos já retornando ao redor do mundo, o futebol brasileiro começa aos poucos esboçar uma reação para a sua própria retomada. o secretário-geral da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Walter Feldman, falou nesta terça-feira, 19, sobre a possibilidade de a bola voltar a rolar nos gramados a partir do final de junho.

De acordo com Feldman, o Brasileirão poderá ser realizado com portões fechados e ser concluído apenas no começo do 2021. Segundo ele, a volta da liga da Alemanha, no fim de semana, deu uma esperança ao futebol mundial e mostrou uma perspectiva animadora

“Podemos ter sim só jogos com portões fechados… em países a epidemia vai e volta, tem novas ondas. Aglomerações mesmo só com vacina e controle absoluto”, afirmou o secretário.

O Campeonato Alemão foi o primeiro das grandes ligas mundiais que retomaram às suas atividades. No entanto, o mesmo só foi possível por uma série de protocolos e restrições, como jogos com portões fechados, medidas de distanciamento social e testes de atletas e profissionais envolvidos.

No Brasil, a CBF ainda está concluindo o protocolo de saúde que será recomendado aos clubes. Segundo Feldman, serão incluídas medidas como testes permanentes para a Covid-19, distanciamento social, medidas de higiene, transporte em veículos particulares dos atletas e jogos com portões fechados.

A expectativa inicial era de que o futebol brasileiro pudesse retornar ainda neste mês. No entanto, mediante o agravamento da pandemia em solo nacional, esse prazo precisou ser prorrogado para o fim de junho e o início de julho.

Oficialmente, a bola parou de rolar nos estádios de todo o Brasil desde março, quando campeonatos locais e nacionais (como a Copa do Brasil) foram interrompidos devido às medidas de restrição. Na última semana, alguns clubes já iniciaram presenciais atividades depois de um período de treinos remotos.

Deixe uma resposta