Com as atividades da rede municipal de ensino suspensas, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação (SEDUC) vai entregar, a cada aluno matriculado em escola pública do município, uma cesta básica. A medida adotada pelo prefeito Joaquim Neto é uma forma de garantir a alimentação dos estudantes durante o período de isolamento e suspensão das aulas.

“Com a distribuição dessas cestas, a gente dá mais tranquilidade às famílias, porque elas conseguem ter a garantia do alimento do seu filho à mesa, nesse período de pandemia. É importante que, entendendo a realidade desses pais e desses alunos, a gente adote medidas. Temos trabalhado de forma incisiva para manter o isolamento, fundamental nesse período, e não deixar esses estudantes desassistidos”, afirmou o Chefe do Executivo Municipal, Joaquim Neto.

De acordo com o secretário municipal de educação, Jean Afonso, a entrega dos alimentos será iniciada nesta quinta-feira (2), e a logística de distribuição será fracionada e organizada por unidade de ensino, para evitar aglomerações.

rota 1 de distribuição começa no distrito de Riacho da Guia, com a Escola Municipal Alaíde Santana Santos, no Tombador, a partir das 8h. Na Escola Municipal Péricles Nogueira, que também receberá as cestas básicas no dia 2 de abril, a entrega será realizada nos turnos matutino e vespertino. Nas unidades em que a distribuição estiver prevista tanto para o período da manhã quanto para o turno da tarde, a retirada dos alimentos deve ser feita respectivamente no turno em que o estudante está matriculado, à exceção do noturno. Ou seja, a recomendação da SEDUC é que estudantes da manhã retirem a cesta no período matutino; alunos da tarde e da noite devem buscar seus itens no turno vespertino, mas isso é válido apenas para as unidades em que haverá distribuição nos 2 períodos.

As cestas básicas – que incluem arroz, açúcar, café, leite em pó, biscoito, farinha de mandioca, feijão carioca, farinha de milho, margarina, óleo de soja, macarrão, sardinha e feijão preto, entre outros itens – serão entregues de forma ordenada, mediante apresentação do documento do responsável (preferencialmente o RG) e do documento do estudante.

A SEDUC informou ainda que o transporte escolar estará disponível nas vias principais da zona rural de acordo com as rotas das unidades escolares em que ocorrerão a entrega dos alimentos. A equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação reforça que não há necessidade de tumulto, porque a organização já prevê a entrega de cestas básicas para o número total de estudantes da rede municipal. Serão aproximadamente 13 mil alunos beneficiados. A Secretaria Municipal de Educação comunicou também que, nos pontos de entrega, devem ser respeitadas as recomendações da Organização Mundial da Saúde no que se refere ao distanciamento de 1,5m a 2m entre pessoas, como medida preventiva ao novo coronavírus.

A distribuição, que começa na quinta e na sexta, seguirá na semana seguinte, continuamente, conforme cronograma previsto pela SEDUC.

Confira a escala de entrega para o dia 2 de abril:

Horário: Das 8h às 11h, no turno matutino / Das 14h às 17h, no turno vespertino.

3 Comentários

  1. é interessante isso, fecha o comercio dizendo que eh pra nao aglomerar e vai distribuir cesta basica, parecendo ate q so vai 10 pessoas receber… fala serio, A PREFEITURA TA EH LASCANDO COM OS MICRO EMPREENDEDOR, AUTONOMOS E CIDADOES DE BEM…

    QUEM TEM CARTAO PRA PAGAR VAI PAGAR COMO? FINANCEIRA NAO VAI COBRAR MULTA, NEM JUROS E NEM VAI DOBRAR O VALOR DO DEBITO DE 12X COM JUROS ORBITANTES

    JOAQUIM, para com essa bosta de fechar comercio q vc ta eh ferrando com todo mundo

  2. Como é que se evita aglomerações assim??? Não seria mais racional os carros da prefeitura, com roteiros preestabelecidos, entregarem direto nas casas dos alunos??? Pra que existem as fichas de alunos nas escolas mesmo???
    O prefeito tá ficando lezo e?? A orientação é não sair de casa para evitar aglomerações e com.isto a disseminação do vírus, ele faz totalmente o contrário. Surtou de vez, igual ao presidente Bolsonaro.

  3. Deveria entregar por bairro. Um carro anunciando, na rua que passa. Aí a mãe do aluno sai e pega. Para em um ponto central de cada rua.

Deixe uma resposta