A Marinha do Brasil abre essa semana as inscrições para diversas carreiras de nível superior e médio em todo o país. São ao todo 1.052 vagas, sendo 92 para nível superior e 960 para nível médio (soldado fuzileiro). 

Desse total, serão disponibilizados para servirem no Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador 44 vagas para fuzileiros. Para os médicos, a exigência de especialidade para a Bahia se voltará para as áreas de endocrinologia, metabologia e gastroenterologia. As provas para os engenheiros da Marinha serão realizadas em Salvador e Ilhéus. 

Ao contrário do que muitos podem imaginar, as Forças Armadas possuem um papel que transcende a atuação em casos de guerra. 

O advogado e professor de cursos preparatórios André Malheiros lembra que os profissionais das mais diversas áreas são contratados para suprirem a necessidade da União e que esses selecionados poderão atuar dando suporte às administrações públicas municipais e estaduais, além de atuarem em situações de desastres, como em casos de enchentes. 

“É importante salientar que os candidatos encontrarão duas formas de seleção: os concursos e as contratações temporárias. Em quaisquer um dos casos, a experiência agrega muito valor ao currículo profissional, pois traz a imagem de profissional testado, disciplinado, organizado, proativo e com capacidade de liderança”, esclarece. 

Médio e superior 
Para a seleção dos soldados fuzileiros (C-FSD-FN/2021), os candidatos precisam ser do sexo masculino, ter ensino médio completo, faixa etária entre 18 e  22 anos até o primeiro dia do mês de janeiro, além de altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m. Os aprovados farão formação por dezessete semanas no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves – CIAMPA (Rio de Janeiro – RJ) e Centro de Instrução e Adestramento de Brasília – CIAB. 

Depois disso, os soldados poderão atuar em qualquer base da Marinha por um período inicial de 12 meses. As inscrições serão realizadas entre os dias 19 de fevereiro e 20 de março de 2020.  

Para disputar uma das 25 vagas para o Corpo de Engenheiros da Marinha (CP-CEM/2020), candidatos de ambos os sexos poderão ser selecionados para  as áreas de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Cartográfica, Civil, de Produção, de Sistemas de Computação, Telecomunicações, Elétrica,Eletrônica,Mecânica,Naval, Nuclear e Química. Os concorrentes não poderão ter completado 36 anos até o primeiro dia do mês de janeiro de 2021 e precisar ter altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m. 

O período de formação será realizado em três semanas de adaptação e uma etapa curricular. Nesse período, o Guarda-Marinha receberá remuneração total de R$ 8.671,32, além de alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica.

Profissionais de saúde na marinha

Oportunidades  Estão em disputa  33 vagas para diferentes especialidades médicas, para candidatos de ambos os sexos.

Especialidades  Cardiologia, Clínica Médica, Gastroenterologia, Geriatria, Hematologia, Medicina Intensiva, Nefrologia, Proctologia e Reumatologia.

Cirurgiões  Cirurgia Geral, Cirurgia Plástica, Cirurgia Torácica, Otorrinolaringologia, Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria, Radiologia, Radiote-
rapia, Ortopedia e Traumatologia e Urologia.

Provas  A seleção será composta pelas seguintes etapas: provas escritas (objetiva e de redação); verificação de dados biográficos; inspeção de saúde; teste de aptidão física; avaliação psicológica; verificação de documentos; e prova de títulos.

Datas A prova escrita será realizada na primeira quinzena de maio, terá duração máxima de quatro horas e o candidato só pode se retirar depois de duas horas do início.


Deixe uma resposta