Quatorze espaços culturais da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA), na capital e interior do estado, exibirão gratuitamente vídeos da Mostra Cinema e Direitos Humanos. Em sua 12ª edição, a mostra tem como objetivo consolidar a cultura e a educação em Direitos Humanos, ampliando espaços de debate e discussão por meio da linguagem cinematográfica e contribuindo para a formação de uma nova mentalidade coletiva para o exercício da solidariedade, do respeito às diversidades e da tolerância.

No Centro de Cultura de Alagoinhas, as exibições acontecem de 04 a 08 de fevereiro (terça a sábado), com sessões às 14h e 19. Na quinta-feira, dia 06, acontecerá também um bate-papo após a sessão. O acesso é gratuito.

Entre os vídeos que fazem parte da mostra estão seis produções brasileiras e uma moçambicana: os dois curtas “Nós” e “A Rua é NÓIZ”, e os cinco médias-metragens “À Espera” (Moçambique), “Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones”, “A Bicicleta do Vovô”, “A Câmera de João” e “Heróis”. Os filmes abordam temas que vão desde imigração e direitos dos refugiados, até direitos das pessoas com deficiência, direito à educação e cultura, inclusão social, direito das crianças e das mulheres, dentre outras questões.

Todas as sessões são gratuitas, com obras cinematográficas que abordam temáticas relacionadas aos Direitos Humanos, além de acessibilidade nos filmes – closed caption em todas as sessões e áudio descrição, e Libras em sessões selecionadas – com o intuito de democratizar o acesso à cultura e alcançar espectadores com perfil diversificado.

A 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo é realizada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos em parceria com o Instituto Cultura em Movimento – ICEM. A mostra foi criada em 2006 para celebrar o aniversário da Declaração Universal de Direitos Humanos, proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948.

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui