O Conselho Municipal de Defesa dos Direitos das Mulheres em conjunto com a Coordenação de Politicas para Mulheres do município, promoveu na manhã deste sábado um encontro com funcionárias da empresa E-parking , com participação da direção da empresa, para verificar as denúncias das violências de cunho machista/ sexista que as profissionais veem sofrendo por parte de motoristas insatisfeitos com a cobrança da zona azul e apresentar para as mesmas o apoio da rede de proteção à mulher e a importância de denunciar e exigir punição aos agressores.

A misoginia nos impede de trabalhar nas ruas sem sofrer violência e nós não podemos permitir isso em Alagoinhas.

O Conselho se colocou à disposição para orientar as mulheres sobre seus direitos, como acessar os órgãos de proteção em situações de violência e também para acompanhar e cobrar das autoridades soluções nos casos de violência.

[ ] Que fique claro! As mulheres de Alagoinhas não estão desamparadas e não andam sozinhas.

[ ] Precisamos nos unir e articular ações conjuntas que visem coibir tais práticas e que garanta as mulheres o direito de estar nas ruas executando suas atividades laborais sem sofrer tais violências.

[ ] Em tempo, parabenizamos a atitude da direção da empresa que tem se colocado ao lado das funcionárias agredidas , também buscando formas legais de tratar do problema .

Publicidade 3

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui