Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) revelam que, no Brasil, a doença representa a segunda causa de óbito na população adulta, sendo o de pele não melanoma o de maior incidência.

Na luta contra o problema, no próximo dia 24 de novembro (domingo), os soteropolitanos serão contemplados com um mutirão de combate ao câncer, com mais de mil atendimentos médicos gratuitos, das 08 às 13 horas, no Parque da Cidade, no bairro do Itaigara.

A ação, que também acontece simultaneamente em outras 41 cidades brasileiras, tem como lema “Troque o Medo Por Esperança”. Na capital baiana, o evento conta com o patrocínio da Oncologia D’Or.

Na prática, médicos voluntários do Hospital São Rafael (HSR), do Hospital Cárdio Pulmonar, do Centro de Hematologia e Oncologia (CEHON) e de outras instituições de saúde, que também apoiam a iniciativa, estarão a postos para realizar os atendimentos por ordem de chegada.

De acordo com o oncologista do HSR e um dos coordenadores do evento, Cláudio Quadros, “o público passará por uma triagem para avaliação de casos suspeitos de câncer, dando ênfase em alterações na pele, no trato gastrointestinal, nos pulmões, na boca, na região ginecológica e na próstata. O objetivo é mostrar à população quais as formas de prevenção e detecção precoce do câncer, além de mostrar que sempre existe esperança de cura com o tratamento especializado”.

A ação ainda contará com outras atividades, como testes rápidos de HIV, sífilis e glicemia, aferição de pressão arterial, exercícios físicos orientados por profissionais da área, cálculo de peso ideal e orientação nutricional. Haverá ainda uma unidade para doação de sangue e cadastro de doadores de medula óssea, aulas de Yoga, Zumba, FitDance etc. As crianças também serão contempladas com oficina de slime, piscina de bolinhas, pula-pula, sorteio de brindes e muito mais. A programação completa está disponível no site www.troqueomedoporesperanca.com.br.

Atendimentos oferecidos:

– Lesões de pele: 200 avaliações de pessoas com lesões suspeitas de câncer de pele.

– Alterações gastrointestinais: 100 pessoas avaliadas com possível solicitação de exames.

– Pulmão: 200 avaliações com possível solicitação de exames, além de orientação de como parar de fumar.

– Saúde da mulher: 200 avaliações com realização de 45 preventivos ginecológicos em pacientes com sintomas suspeitos de câncer.

– Mamografia: 75 mamografias realizadas no local e outras 200 serão solicitadas. O atendimento será voltado para mulheres com mais de 50 anos e que não tenham feito o exame nos últimos dois anos. 

– Cavidade oral e laringe: 200 pessoas avaliadas com lesões suspeitas de câncer de boca.

– Próstata: 300 avaliações da próstata com toque retal e solicitação de exames para casos suspeitos.

*Os casos diagnosticados com câncer serão encaminhados para tratamento no Hospital Aristides Maltez, Hospital da Mulher e CICAN.

Publicidade 3

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui