Seis exames de DNA para reconhecimento de paternidade, cinco ações ajuizadas e mais de 40 notícias de fato instauradas.

Esse foi o resultado do atendimento realizado pelo Ministério Público estadual em Itanagra, no centro da cidade e na comunidade rural de São José do Avena, na última quarta (30) e quinta-feira (31).

No total, mais de 130 pessoas foram atendidas pelo MP Comunidade, projeto que leva uma unidade móvel a cidades do interior baiano para prestar serviços à população.

Membros e servidores do Ministério Público realizaram a ação, que foi coordenada pela promotora de Justiça Luiza Gomes Amoedo e contou com a participação do promotor de Justiça Oto Almeida Oliveira.

Publicidade 3

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui