Em audiência pública na Câmara de Vereadores de Alagoinhas, na última segunda-feira (30), a vice-prefeita e secretária municipal de cultura, esporte e turismo, Iraci Gama, levantou um debate propositivo sobre a importância histórica do trem de ferro para a região. Na Casa Legislativa, ela se uniu a lideranças, membros da esfera pública, representantes de entidades, movimentos, associações, cooperativas e sociedade civil organizada em defesa do trem enquanto transporte ferroviário de baixo impacto ambiental, reduzido custo operacional e parte integrante da história, da cultura, da identidade e da memória.

Foto: Roberto Fonseca

A gestora apresentou, na Câmara, uma breve cronologia das etapas de inauguração de estações da estrada de ferro Bahia ao São Francisco, cujas obras iniciais datam setembro de 1858. Iraci Gama discorreu sobre a expansão, a integração e o papel da estrada de ferro, e salientou, no debate, a ligação ferroviária entre a Bahia e outros estados, como Sergipe. A vice-prefeita relembrou o objetivo dos trilhos de conectar o mar ao sertão e defendeu a volta do trem. “Filha das águas e do trem de ferro, Alagoinhas quer de volta o trem e a revitalização da ferrovia”, salientou Iraci Gama.

Foto: Roberto Fonseca

Na mesa central do debate, representantes de Simões Filho e de Salvador se uniram a figuras públicas de Alagoinhas ressaltando o investimento nos trilhos enquanto eficiência em transporte e preservação do patrimônio histórico-cultural.

O projeto do governo baiano, apresentado em Salvador, no entanto, prevê a implantação de um monotrilho – modal que substituiria o trem do Subúrbio, que opera às margens da baía de todos os santos. O ramal seria viabilizado por meio de uma parceria público-privada com 20 anos de duração e uma empresa chinesa, conhecida pela produção de baterias de íon de lítio, seria responsável pela execução da obra.

Uma nova audiência pública de entidades baianas em defesa do trem será realizada em outubro, em Alagoinhas.

Publicidade 3

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui