Na tarde desta quarta-feira (18), policiais do Quarto Batalhão realizaram prisões e apreensões vultuosas. A ação, que mobilizou cinco viaturas, ocorreu no conjunto Urupiara, em Alagoinhas, e resultou na prisão em flagrante delito de 6 criminosos e apreensão de 2 menores infratores. Ao total, 8 armas de fogo foram retiradas da criminalidade, sendo revólveres e espingardas.

As guarnições da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) receberam uma denúncia, por meio do CICOM, de que havia próximo ao conjunto Urupiara vários indivíduos reunidos em associação criminosa. Deslocaram, assim, para averiguar a informação. Os policiais, adotando as medidas operacionais pertinentes à situação, realizaram incursão no matagal, deparando-se com criminosos trajando vestimentas camufladas e cobrindo os rostos com balaclavas.

Os indivíduos dispararam contra os policiais, que repeliram a injusta agressão, conseguindo deter 7 criminosos e conduzi-los à Delegacia Territorial de Alagoinhas, cada um portando uma arma de fogo. Quando os policiais estavam na DT, o CICOM passou mais informações a respeito de outros indivíduos que haviam fugido na primeira ação. Os policiais, então, voltaram a diligenciar, resultando na prisão de mais um criminoso que portava uma espingarda de repetição.

Essa diligência exitosa revela que, apesar dos esforços diários da Polícia Militar e demais agentes de Segurança Pública, ainda há muito a ser feito. O Quarto Batalhão segue resoluto no combate à criminalidade, não hesitando em cumprir as missões constitucionais e honrando o juramento proferido ao ingressar na corporação: proteger e servir à sociedade, mesmo com o risco da própria vida.

Publicidade 3