Os pré-candidatos a prefeitos de Alagoinhas já estão com tudo pronto para a maior festa de acenos, beijos e apertos de mão no evento da Independência, que começa a partir das 7h da manhã em Alagoinhas com o hasteamento dos pavilhões da cidade, da Bahia e do Brasil, execução dos hinos e o tradicional desfile cívico, que acontecem na Praça da Bandeira.

As ruas centrais da cidade vão estar lotada para o maior evento cívico do país, mas especialmente em Alagoinhas, quando mais de 20 mil pessoas vão às ruas. O 7 de setembro é o evento mais popular da cidade. As ruas e praças principais vão estar lotadas de famílias, cavaleiros, motociclistas e políticos.

E como 2019 é um ano pré-eleitoral, todos os pré-candidatos estarão apostos para as tradicionais aparições públicas, desfiles em grupos e demonstração de força.

Um já anunciou que tem faro para governador, o outro que é líder nas pesquisas, outro que vai lançar pacote de novas obras e os demais se opondo a tudo isso, num caldeirão que deve ferver até o final da tarde, quando todos estarão se divertindo.

Tradicionalmente, o prefeito convida a população, seus assessores, cargos comissionados e aliados políticos para lotar os locais onde o alcaide estiver. Desta vez, com a proximidade das eleições do ano que vem, a história está sendo outra.

Convites que estão sendo postados nas redes sociais enumeram pessoas do grupo do prefeito em grupos do ex-prefeito Paulo Cezar, do ex-secretário Fabrício Faro e outros candidatos menos expressivos.

Os convites enumerados dão uma clara visão de que o prefeito Joaquim Neto está sem comando em secretarias fundamentais como Seduc e Semas, de onde partem as principais articulações para os seus opositores, o que já era esperado, uma vez que ele manteve um grande número de ex-aliados em seus cargos, não se sabe por quê.

Amanhã será o dia D, quando o palanque do prefeito inflar e depois implodir e se misturar a grupos que espreitam o apoio a seus opositores, servindo como termômetro para as articulações e formação de grupos com vistas as eleições do ano que vem.

Vanderley Soares DRT 4848

Publicidade 3