A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou, hoje (22), o Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC) da telefônica TIM. O acordo prevê a transformação de multas em investimentos na expansão da rede 4G da empresa em 366 municípios. O valor de referência do TAC é R$ 627 milhões.

Com o acordo, a Tim se comprometeu a realizar melhorias na qualidade do serviço, infraestrutura e na experiência do cliente, “por meio de iniciativas associadas a aprimoramentos no processo de licenciamento das estações, uso eficiente de recursos de numeração, melhoria dos canais de atendimento digital e presencial, redução dos índices de reclamação, reparação de usuários e reforço das redes de transporte e de acesso para o crescimento contínuo da qualidade”.

Pelo TAC, os municípios escolhidos para receber o serviço de banda larga móvel com tecnologia 4G devem ter menos de 30 mil habitantes e não devem contar com a tecnologia. Eles estão situados nas regiões Norte e Nordeste (268), no norte de Minas Grais (89) e no estado de Goiás (9). A nova infraestrutura será instalada em três anos, sendo mais de 80% nos primeiros dois anos.

Segundo a Anatel, a estimativa é que serão beneficiados com a ampliação da rede 4G cerca de três milhões de habitantes em cidades com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) abaixo da média nacional.

Publicidade 3