Foto: Divulgação

Quem precisar ingreassar na Justiça com ações comuns, sem advogado, cujo valor não ultrapasse 20 salários mínimos, não vai precisar mais sair de casa para seguir adiante com o processo. É que o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) vai lançar nesta terça-feira o aplicativo Queixa Cidadã, que promete o registro de queixas nos Juizados Especiais, em até cinco minutos.

O aplicativo trabalha com inteligência artificial e reconhecimento facial. A ferramenta, desenvolvida pela equipe de Tecnologia, Informação e Modernização do TJ-BA, em parceria com a Coordenação dos Juizados Especiais (Coje), objetiva auxiliar a resolução do alto volume de ações em pequenas causas e na sobrecarga na estrutura do órgão, além de promover a comodidade ao cidadão, que pode usar o aplicativo a qualquer hora e de qualquer lugar.

Ainda de acordo com o Tribunal de Justiça, trata-se de um aplicativo assistente simples e didático. A nova ferramenta digital será lançada nesta terça-feira (20), às 9h, no Fórum do Imbuí. “Mais uma iniciativa de valorização do 1º Grau, que facilita o acesso à Justiça”, informou o TJ. 

Publicidade 3