Em depoimento que avançou até o início da tarde desta terça-feira (13), o vereador da cidade de Araçás, Joseilton Ribeiro dos Santos (PP), vulgo Pacote, negou ser o autor dos disparos que feriram duas pessoas, Daniel Félix dos Santos, 37 anos, que recebeu dois disparos no braço direito e Eliane Rodrigues dos Santos, 32 anos, atingida por um disparo no pé direito.

Em entrevista por telefone ao site gazetabahia.com.br no final da tarde de hoje, o vereador explicou que em depoimento ao delegado de Araçás, Clério Santos, ele negou ter sido o autor dos disparos, e que estava com a família, a namorada e a sogra, e que saiu assustado do local temendo algo pior.

Joseilton disse também que não usa e nem tem porte de arma, pois é contra a violência, e que credita o surgimento de seu nome nessa confusão por parte de seus opositores políticos.

“Lá estava cheio de adversários e aprontaram essa pra mim, que não gosto de arma, não uso arma e sou contra a violência”, disse o vereador, que afirmou também que o relatório apresentado pelo proprietário do balneário, que fica entre Araçás e Itanagra, não diz que ele foi o autor dos disparos.

O portal gazetabahia conseguiu também entrevistar uma das vítimas dos disparos.  Eliane Rodrigues dos Santos, 32 anos, atingida por um disparo no pé direito, disse que não viu quem atirou e, certamente, não foi o vereador, pois ela estava próxima a ele, dançando com ele e não viu arma em sua mão.

Publicidade 3