Divulgação/ Presidência da República

Depois de chamar os governadores nordestinos de “paraíba”, em um comentário preconceituoso que gerou reações pelo país, o presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira (23) amar o Nordeste.

Durante a inauguração do aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, ainda usou um slogan semelhante ao de sua campanha em 2018, “Deus acima de tudo, Brasil acima de todos”, para falar da região. 

“Nordeste no coração do povo e nordeste acima de todos. Eu amo o Nordeste, afinal de contas a minha filha tem em suas veias sangue de cabra da peste. Cabra da peste de Garanhuns, do nosso Ceará”, defendeu. 

O presidente ainda pregou que não pode haver divisão entre os brasileiros. “Somos um só povo, uma só raça, e temos um só objetivo: colocar o povo no lugar onde merece. Com patriotismo, colocaremos o Brasil no lugar em que ele merece”, disse, ao falar que “não admitiremos mudar as cores das nossas bandeiras”. A declaração foi seguida de gritos do público de  “a nossa bandeira jamais será vermelha”.

Bolsonaro aproveitou o discurso para alfinetar o governador Rui Costa, que desistiu de participar da inauguração e trava uma disputa com o governo federal pela paternidade da obra.   

“Lamento não estar presente aqui o governador da Bahia. Até porque, não concordaremos com quem quer mudar a cor da nossa bandeira. […] Obras eleitoreiras não acontecerão mais no meu governo”, afirmou. 

Publicidade 3