Pacientes aguardaram por mais de 4 horas para conseguir atendimento médico, no Hospital Regional Dantas Bião (HRDB) em Alagoinhas-BA, neste sábado (29). Funcionários disseram que o quadro de médicos estava reduzido.

Até às 19:30h deste sábado a paciente não tinha sido atendida.

Por causa da longa espera, pais demonstravam indignação no local. “O meu filho está com 39ºC de febre, está vomitando muito. Eu cheguei aqui, eles só olharam e mais nada. Está essa palhaçada”, falou a dona de casa Carla Santos.

“Nós estamos passando por uma situação que não está tendo, praticamente, solução. Será que nós vamos voltar ao período que as pessoas iam em rezadeira, a fazer chazinho em casa? Nós precisamos de médico”, falou o pai do paciente Junior Novaes.

A recepção estava cheia, mas as salas onde os pacientes esperam depois de passar pela classificação de risco estavam vazias. Na parede da unidade, um aviso diz que pacientes que recebem pulseira vermelha são casos urgentes e precisam ser atendidos rapidamente. Mas, no local, crianças com pulseira vermelha aguardavam há duas horas.

“Muitas horas de espera, com uma nenenzinha desse tamanho, com febre. Ela já até cochilou aqui, não sei se está querendo desmaiar ou o que está acontecendo com minha neta. A gente fica com a cabeça tonta de preocupação”, disse a dona de casa Ivanete.

Publicidade 3

2 COMENTÁRIOS

  1. Esta cidade esta cada vez pior, nosso excelentíssimo prefeito só faz reformar praças, será q ele não ver o quanto a cidade está esburacada, postos sem médico, ops esqueci ele não sabe pois não precisa de hospital público, a rua onde mora deve ser bem asfaltada com ótima infraestrutura, vergonha!!

  2. Eu estive no hospital com minha filha e recebi pulseira azul e depois de 4 horas que era o tempo previsto fui informada que nao teria estimativa de horario para ser atendida.(pulseira azul depois de 5 dias febre intensa) só Deus mesmo por quem nao pode pagar uma consulta no privado. Mas olhem que o são joão pegou fogo e nao foi barato nao.

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui