Cerca de 15 mil fogos de artifício de fabricação ilegal foram apreendidos durante a 6ª etapa da “Operação em Chamas” da Polícia Civil em Salvador, região metropolitana e outros municípios da Bahia.

Segundo informações da polícia, vários pontos de vendas de fogos de artifício foram inspecionados e notificados. Durante as fiscalizações foram encontrados produtos fora da validade, de fabricação artesanal, sem classificação de uso e sem informações do fabricante.

De acordo com a Polícia Civil, foram apreendidos 10.450 fogos de fabricação artesanal, além de 600 espadas na capital e região metropolitana.

Operação acontece desde abril e será concluída em julho — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil

A operação que acontece desde abril envolveu policiais civis da Coordenação de Fiscalização de Produtos Controlados (CFPC), Delegacia do Consumidor (Decon) e de unidades territoriais, além de prepostos da Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA) e Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon).

A polícia informou que os resultados da operação são de ações realizadas até a última sexta-feira (14). O material apreendido foi encaminhado para CFPC que adota o procedimento de destruição em conjunto com o Exército Brasileiro. A operação segue até o final de julho.

Os fogos foram apreendidos em Salvador, região metropolitana e cidades do interior — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Cerca de 15 fogos em situação irregular foram apreendidos na Bahia — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Publicidade 3

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui