O tradicional “Trem do Forró”, que agita o clima na estação ferroviária São Francisco e leva moradores e visitantes para uma viagem programada sobre os trilhos, começa no dia 12 de junho, em Alagoinhas.

Voltada à força da tradição e às raízes da identidade cultural, a programação do trem traz as bandas locais, com sanfona e zabumba, para comandar o “arrasta pé”.

A novidade, nesta edição, é uma nova classe integral de passageiros: são esperadas cerca de 100 pessoas a cada embarque e a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SECET), responsável pela organização da festa, informou que a previsão é fazer, de 12 a 16 de junho, pelo menos 22 viagens como parte da programação.

Cada percurso dura em média 40 minutos – pouco, pra quem deseja rememorar os festejos juninos antigos, da história da cidade, mas o suficiente para despertar, nos amantes da tradição, ainda mais vontade de aproveitar a agenda de atrações no interior baiano.

A festa em Alagoinhas, entretanto, não termina quando o Trem do Forró encerra as viagens juninas, pelo contrário; mais de 50 mil pessoas são esperadas para a festa da cidade, que totaliza, em 2019, 10 dias de programação entre trem, Vila de Santo Antônio e circuito oficial na Avenida Joseph Wagner, entre os dias 22 e 23 de junho.

A partir da próxima semana, os ingressos para viagens programadas do Trem do Forró podem ser adquiridos na Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SECET), no centro de Alagoinhas.

Além da animação, a iniciativa é solidária: quem participa, contribui com com uma lata de leite ou com um pacote de fraldas geriátricas, que serão doados a instituições de caridade do município.

Confira a programação:

TREM DO FORRÓ
Data: De 12 a 16 de junho
Horário:
 Das 9h às 17h
Saída: Fundação Iraci Gama (FIGAM)
Duração da viagem: 40 min
Ingressos: Para adquirir a passagem, o cidadão deve apresentar 1 lata de leite ou 1 pacote de fralda geriátrica, que serão destinados a instituições de caridade
Grade de viagens:
– 12/06: Alunos da rede pública municipal e de escolas particulares (manhã e tarde)/ Usuários e profissionais do CAPS III (manhã)
– 13/06: Funcionários da VLI (manhã) e público em geral (tarde)
– 14/06: Instituições filantrópicas (manhã) e funcionários públicos (tarde)
– 15/06: População em geral
– 16/06: Grupo de mulheres do Jardim Petrolar/ Polícia Militar encerrando com a torcida atleticana padronizada

Publicidade 3