O Prefeito Galego da Saúde continua sua peregrinação pelos ministérios em busca de recursos federais e desta vez foi no Miistério da Cultural.

Quando assumiu a gestão, em janeiro de 2017, Sosthenes Campos se deparou com várias obras inacabadas e sucateadas como escolas, creche, UBS e centro de cultura.

Por irresponsabilidade do ex-prefeito Jacob Pereira o município de Pedrão tem que devolver aos cofres do Ministério da Cultural um montante referente ao convênio n° 753851\2010 (construção do Centro de Cultura), o valor R$ 351. 727,09. São 36 parcelas, sendo que o valor estimado é de R$ 10.000.00 cada.

A prefeitura de Pedrão já pagou 18 parcelas. Esse espaço era pra promover e fomentar as políticas publicas culturais, por meio de oficinas, dança, teatro. Infelizmente o ex+gestor acabou com a esperança da população.
Aproveitando a estada, o Prefeito pedronense protocolou novos pedidos que irão beneficiar a Cultura local como os Encourados, a capoeira, o samba de roda entre outros setores culturais.

“A cada dia uma nova história vai sendo escrita em Pedrão. Não medirei esforços para buscar recursos onde eles estiverem para o desenvolvimento de nossa querida Pedrão, dialogando, pedindo, enfim, não vou descansar um minunto”, disse o Prefeito Sosthenes Campos.

Publicidade 3