Foto: Divulgação | Polícia Civil
Publicidade 3

Carlos Bonfim Queiroz Silva foi preso no domingo,14, suspeito de assassinar a ex-companheira Marilene Batista na cidade de Alagoinhas. O crime aconteceu na sexta-feira, 12, em uma pousada da cidade.

Segundo informações da Polícia Civil, Marilene, que era professora, foi morta com golpes de canivete no pescoço. Carlos foi detido em um bar, menos de 48 horas depois do assassinato..

Em depoimento, ele confessou que o crime foi motivado por ciúmes. O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Alagoinhas, onde segue preso e à disposição da Justiça.

FONTEA Tarde
COMPARTILHAR

Deixe uma resposta