Em mais uma iniciativa de fomento ao pequeno produtor e ao desenvolvimento do campo, a Prefeitura se uniu à BSC Copener para levar um curso gratuito de tratorista à comunidade do Cangula.

No total, 40 horas de aulas teóricas e práticas foram ministradas por um instrutor técnico do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), que apresentou aos participantes os processos mecanizados e suas regulagens, atentando para as formas de operação do maquinário.

Foto: Roberto Fonseca

A intenção foi capacitar os agricultores para que, desenvolvendo habilidades como operação do trator, pulverização e adubação, eles pudessem concluir uma formação básica de tratorista.

Foto: Roberto Fonseca

“O curso é de grande importância para dar oportunidades de emprego e renda aos participantes, que se tornarão trabalhadores especializados para lidar com demandas de empresas agroflorestais, empresas do agronegócio ou de mecanização agrícola. Isso sem contar os benefícios da qualificação em si, já que, com o conhecimento técnico necessário, é possível reduzir os custos de preparo da terra, além dos riscos de danos ao meio ambiente e/ou ao maquinário. Então é mais uma atividade com a qual a Secretaria de Agricultura procurou contribuir. O trator e os implementos ficaram à disposição dos participantes durante os dias de formação”, explicou o secretário municipal de agricultura, Geraldo Almeida.

Segundo ele, a atenção ao desenvolvimento do campo não é eventual. Com ações de recuperação de estradas vicinais, entrega de adubo orgânico para incremento à produtividade nas lavouras, distribuição de insumos e apoio às associações rurais, por meio de capacitações, maquinário e parcerias, o que a Secretaria de Agricultura busca – de acordo com ele – é não apenas cumprir com a necessidade de uma política pública que potencialize o desenvolvimento rural, mas também apresentar subsídios para que a produção dos agricultores se torne cada vez mais eficiente.

A atividade formativa voltada aos agricultores do Cangula começou nesta segunda-feira (8) e foi encerrada na sexta-feira, com coordenação da COPENER e emissão de certificado para os 15 participantes da comunidade.

Publicidade 3

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui