A Páscoa se aproxima e os famosos ovos de chocolate se tornam inimigos para quem sofre de intolerância à lactose. As pessoas que apresentam deficiência na digestão da lactose, o “açúcar do leite” deve evitar o consumo de alimentos de base láctea, como queijos, leites, iogurtes e também os ovos de Páscoa.

Para quem gosta de chocolate, a Páscoa é um período difícil por causa das poucas opções de ovos de chocolate para os intolerantes à lactose. Segundo a nutricionista e especialista em nutrição materno infantil, Aline Ramalho, o paciente diagnosticado com essa deficiência precisa seguir uma dieta rigorosa prescrita por um nutricionista e evitar o consumo de produtos que contenham leite em sua composição, “O consumo de alimentos com leite gera nos intolerantes desconfortos abdominais, como, distensão, gases, dor e até mesmo a diarreia”, explica a especialista.

Mas é possível ingerir ovos de chocolate sem lactose? De acordo com Ramalho, as pessoas que sofrem de intolerância à lactose podem aproveitar as delícias de páscoa e consumir produtos alternativos. “Hoje, na indústria, a enzima lactase é comercializada separadamente para digerir a lactose, ou acrescida nos produtos. Temos ainda como opção produtos feitos com a alfarroba, que pode substituir os chocolates dos ovos de páscoa tradicionais”, afirma.

A nutricionista ainda alerta que as dietas feitas em crianças quem tem deficiência da lactose devem ser orientadas por profissionais para obter nutrientes apropriados para manter uma vida equilibrada, “A alimentação infantil adequada e individualizada, com base em alimentos substitutos, compensadores e produtos antiflamatórios, aliada a hábitos saudáveis são essenciais para garantir o aproveitamento de todo potencial genético que a criança possui para crescer, aprender, se desenvolver e se tornar um adulto saudável”, finaliza.

Publicidade 3

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui