Dois adolescentes foram apreendidos nesta quarta-feira, 3, em Irecê (distante a 476 km de Salvador), suspeitos de enviar mensagens em um grupo na rede socia com ameaças a uma escola da cidade. Os jovens de 16 e 17 anos foram localizados por policiais militares após denúncia anônima.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), os adolescentes, um aluno e um ex-aluno, haviam gravado áudios ameaçando cometer atentados e compartilharam com os demais colegas pelo Whatsapp.

Os jovens, encontrados pelos PMs na escola e em casa, foram encaminhados para a Delegacia Territorial (DT) de Irecê. Em depoimento, eles afirmaram que só repassaram mensagens que receberam via rede social. O diretor do centro de ensino também compareceu à delegacia.

A delegada plantonista da DT/Irecê, Ariadne Aragão de Almeida, informou que os celulares dos jovens foram recolhidos para passar por perícia.

Outro caso

Em Alagoinhas, algumas escolas e universidades tiveram as aulas suspensas nesta quarta após a circulação de áudios de WhatsApp com ameaças de realizar ataques nas unidades de ensino.

“Vai ser assim: os primeiros colégios que vamos pegar vai ser aquele perto do subway […] O primeiro que vamos pegar vai ser os ‘playboyzinho'”, dizia um dos áudios.

Publicidade 3

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui