Com autoridade, o Bahia venceu o Atlético de Alagoinhas por 3 a 0, nesta quinta-feira (21), na Arena Fonte Nova pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Baiano. Inspirado no dia do aniversário de Lima Sergipano, o Canhão do Fazendão, o lateral Moisés marcou um belo gol em um chutaço do meio da rua, os outros tentos foram de Ramires e Edcarlos, contra.

Com o resultado, o Bahia pode até perder por dois gols de diferença que avança à final do certame estadual. Caso o Carcará vença por três gols de diferença, o confronto será decidido nos pênaltis. Para eliminar o Esquadrão, a equipe de Arnaldo Lira precisa vencer por quatro ou mais gols de vantagem.

O jogo da volta acontece na próxima quarta-feira (27), às 21h30, no Carneirão, em Alagoinhas. Antes disso, o Bahia encara o Salgueiro, no domingo (24), às 18h, na Arena Fonte Nova, pela 7ª rodada da Copa do Nordeste.

O JOGO

A semifinal começou quente, dentro e fora do gramado. Com menos de um minuto de partida, os técnicos Enderson Moreira e Arnaldo Lira discutiram na área reservada aos treinadores. No relvado, Gilberto deixou de calcanhar para Arthur Caíke, que dominou e chutou, mas acabou travado pela zaga do Atlético.

Aos 18, Arthur Caíke abriu para Moisés, o lateral cruzou forte para Gilberto, o centroavante foi travado e a bola sobrou limpa para Ramires que chutou por cima.

Com o Bahia pressionando e sem deixar o Atlético jogar, o técnico Arnaldo Lira surpreendeu e mexeu na equipe com apenas 22 minutos de jogo. O experiente volante Fausto entrou na vaga de Patrik.

Golaço de Moisés

Bahia conseguiu abrir o placar em grande estilo. Aos 36, Arthur Caíke cobrou mal a falta, a bola bateu na barreira e sobrou para Moisés, que do meio da rua, acertou um chutaço no ângulo de Diego. Golaço!

Aos 46, boa troca de passes do Bahia, Douglas Augusto enfiou linda bola para Élber, o camisa sete cruzou rasteiro, mas Gilberto, sem goleiro, não conseguiu empurrar para o gol.

Segundo tempo

Sem assustar em toda a primeira etapa, o Atlético de Alagoinhas voltou do intervalo com outra postura. Aos 7, Vicente cruzou e Peixoto desviou de pé direito para obrigar Douglas a fazer boa defesa. Na cobrança de escanteio, Gabriel Esteves quase marcou olímpico.

Bahia amplia

Aos 15, Arthur Caíke recebeu lançamento e dominou bonito, o camisa 77 do Bahia só rolou para Élber que chutou cruzado, a bola bateu em Edcarlos e entrou. Gol contra.

Aos 33, Artur recebeu na direita, cortou para dentro e chutou forte, mas a bola pegou na rede pelo lado de fora. No lance seguinte, Flávio chegou ao fundo e cruzou, a bola passou pelo goleiro Diego, mas não por Ramires, que só completou para o fundo do gol. 

FICHA TÉCNICA
Bahia x Atlético de Alagoinhas
Campeonato Baiano – Semifinal (1º jogo)

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 21/03/2019 (quinta-feira)
Horário: 19h15
Árbitro:  Marielson Alves Silva
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e  Edevan Oliveira Pereira
Cartões amarelos: Iran (Atlético de Alagoinhas) / Elton e Lucas Fonseca (Bahia)
Gols: Moisés, Ramires e Edcarlos [contra] (Bahia)

Bahia: Douglas (Anderson); Flávio, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Elton e Douglas Augusto; Élber (Artur), Ramires e Arthur Caíke; Gilberto (Fernandão). Técnico: Enderson Moreira.

Atlético de Alagoinhas: Diego; Edcarlos, Iran, Bremer e Vicente (Túlio); Patrik (Fausto), Alessandro Azevedo, Leandro Sobral e Gabriel Esteves (Kel); Peixoto e João Neto. Técnico: Arnaldo Lira. 

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui