A Prefeitura deu início, na última terça-feira (5), à travessia no trecho da Avenida Paulo Afonso, em mais uma frente de trabalho que vai beneficiar a população com a maior obra de prevenção de alagamentos da cidade.

O trecho em andamento no Cachorro Magro dispensa escavações para a instalação da rede de drenagem, evitando interferências no asfalto e minimizando impactos ambientais.

De acordo com o prefeito Joaquim Neto, é uma obra fundamental que trará resultados efetivos à comunidade. “Uma obra importantíssima para Alagoinhas, que passa por baixo, sem destruir o asfalto, atravessa toda a Avenida Paulo Afonso e vai culminar na Fonte dos Padres, terminando no Rio Catu. Então locais em que a gente viu, infelizmente, muitos alagamentos, com obras prometidas por muitos governos, mas que nunca foram feitas, terão uma solução definitiva a partir de agora. Temos trabalhado em ritmo acelerado”, afirmou o gestor.

A tecnologia adotada para a intervenção, segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura (SECIN), prevê a cravação de tubos com métodos não-destrutivos (MND), que permitem a travessia subterrânea sem que haja a perfuração do asfalto. A estrutura implantada é feita em aço galvanizado, com diâmetro de 2,2m, e a previsão é de que em um prazo máximo de 30 dias o trecho esteja finalizado.

Além da localidade, outras 2 frentes seguem em andamento no município: na Rua F, atrás do Hotel Àster, e na Avenida Rio Branco.

Com investimentos em torno de 11 milhões de reais e intervenções que também já passaram pela Avenida Dantas Bião e outros trechos da cidade, a macrodrenagem prevê a execução de cerca de 1.300 metros de drenagem, a instalação de 24 canais, 47 poços de visitas, 100 bocas de lobo e 1300 metros de pavimentação asfáltica, beneficiando mais de 5 regiões de Alagoinhas.

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui