Publicidade 3

O deputado Júnior Muniz (PP), vice-líder do governo na Assembleia Legislativa (AL-BA), junto com o deputado TUM (PSC), protocolam nesta segunda-feira (11) junto a presidência da Casa um pedido para instalação da Comissão das Barragens. A comissão provisória englobará o tema das barragens, energias renováveis, fiscalização dos parques eólicos e Rio São Francisco. 

A tragédia de Brumadinho, com o rompimento da barragem, ocorrida dia 25 de janeiro, em Minas Gerais deixando 154 mortos e mais de 180 desaparecidos, motivou os parlamentares a darem atenção maior às barragens na Bahia. “Vou protocolar esse pedido por conta do acidente de Brumadinho e a falta da fiscalização das barragens. O governo federal também vai fazer investimento alto no setor das barragens e eu já tinha preparado o documento”, explicou Júnior Muniz, em conversa com o Bnews neste sábado (9). Conforme ele, a ideia é abranger as barragens em uma comissão que já existia em outrora na Casa, que é a do Rio São Francisco. 

O deputado TUM, que também será membro da Comissão, caso seja aprovada, afirmou que é preciso dar segurança às pessoas. “Sou membro da Comissão de Infraestrutura e Meio Ambiente. A região do Norte da Bahia, a qual represento, é muita seca e temos interesses de programar algumas audiências públicas para poder tratar do tema da seca e também de todas as barragens. Vamos ter uma comissão provisória e fazer uma visita técnica, um tema importante que é a segurança das pessoas que ali residem”, disse, ao Bnews. 

O governador Rui Costa (PT) recentemente afirmou que já encomendou um projeto de lei que proíbe a construção e operação de barragens “amontantes”, do modelo da que rompeu em Brumadinho, no estado da Bahia. 
 

FONTEBocão News
COMPARTILHAR

Deixe uma resposta