Carnes com validade vencida, sobras mal armazenadas e falta de gás de cozinha são algumas das irregularidades encontradas em duas escolas da rede municipal de Itabuna, no Sul baiano. Os problemas estão em um relatório divulgado nesta quinta-feira, 7, pelo Conselho de Alimentação Escola de Itabuna, a partir de uma vistoria realizada na quarta, 6.

A escola Grupo Escolar Raimundo Jerônio Machado, localizada em Nova Itabuna, uma das apontadas pelo relatório, tem cerca de 200 alunos, de 4 a 12 anos. Na cozinha da unidade, eram armazenados 10 kg de contrá filé, vencidos no dia 27 de janeiro.

Segundo informações do site Sul Bahia News, a direção da escola explicou que a carne vencida estava no freezer por descuido de uma funcionária, que esqueceu o produto embaixo de outras carnes mais novas. A administração informou que a carne vencida foi descartada no mesmo dia da vistoria, e a funcionária foi advertida e orientada a não cometer o erro novamente.

O relatório também cita a  Escola Municipal Maria Creuza Pereira da Silva, no bairro Urbis 4. Lá foram encontrados 10 kg de linguiça vencidos e falta de botijão de gás para cozinhar a merenda. Segundo o relatório, a escola estaria sem cozinhar para os alunos desde o dia 15 de janeiro.

Publicidade 3

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui