Reprodução

O time B do Bahia ficou no empate em 1 a 1 com o Atlético de Alagoinhas na noite desta quarta-feira (6), no estádio Carneirão, pela quarta rodada do Campeonato Baiano. O Carcará saiu na frente com João Neto, mas o Tricolor igualou logo depois com Caíque.


Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Com o resultado, a equipe foi aos cinco pontos no estadual. Menos de 24h depois, às 18h15 desta quinta-feira (7), o time principal do Bahia enfrenta o Liverpool-URU da Copa Sul-Americana.

O JOGO

João Neto, de pênalti, abre o placar

Aos sete minutos, Gabriel Esteves avançou em velocidade dentro da área e se chocou com Ignácio dentro da área. A arbitragem acusou a penalidade máxima. Na cobrança, João Neto bateu rasteiro, sem dar chances para o goleiro Fernando.

Caíque empata a partida

O Esquadrão de Aço não demorou a reagir. Dois minutos depois, Iago recebeu no lado esquerdo, avançou e cruzou na medida para Caíque, que deu uma forte testada para estufar a rede.

Sem grandes chances para os dois lados, uma chance de gol só voltou a ocorrer aos 45 da primeira etapa. Gabriel Esteves recebeu a bola no lado direito e chutou forte para boa defesa do goleiro Fernando.

Segundo tempo

No começo do segundo tempo, a defesa do Bahia levou um susto. Com sete minutos, a bola subiu na área do Bahia, Fernando tentou afastar, mas errou a bola. Na sobra, Ignácio afastou. Com dez minutos, em outra jogada de ataque do Atlético, João Neto recebeu na área e finalizou para boa defesa de Fernando.

Peixoto acerta a trave

A torcida do Carcará suspirou forte aos onze minutos. Após cobrança de escanteio, Peixoto raspou e cabeça e a bola bateu na trave. 

Bahia fica na bronca com a arbitragem

Aos 16 minutos de jogo, Matheus Silva invadiu a área, caiu e os tricolores pediram pênalti. Logo na sequência, Clayton fez jogada pelo lado esquerdo, cruzou e Caíque completou para a rede. No entanto, a arbitragem acusou saída de bola quando Clayton efetuou o passe.

Aos 30, após bola levantada na área do Bahia, Fernando deu um tapa para afastar. A bola sobrou para o Atlético, nos pés de Allyson, que chutou rasteiro para mais uma defesa de Fernando.

Antes do apito final, Rodrigo fez jogada pelo lado do campo, cruzou, a defesa do Atlético cortou e Fernando Medeiros ficou com a sobra, mas finalizou pra longe do gom.

FICHA TÉCNICA
Atlético de Alagoinhas 1 x 1 Bahia
Campeonato Baiano – 4ª rodada

Local: Carneirão, em Alagoinhas
Data: 06/02/2019 (quarta-feira)
Horário: 21h15 (horário de Salvador)
Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e José dos Santos Amador

Cartões amarelos: Alessandro Azevedo, Guto e Sobral (Atlético) / Caíque, Clayton (Bahia)

Gols: João Neto (Atlético) / Caíque (Bahia)


Atlético de Alagoinhas: Rodrigo Ramos, Edcarlos (Rafael Granja), Iran, Tulio e Vicente (Raldinei); Guto e Sobral; Gabriel Esteves, Azevedo (Allyson) e João Neto; Peixoto. Técnico: Arnaldo Lira.

Bahia: Fernando; Matheus Silva, Ignácio, Everson (Ueslei) e Mayk (Jaques); Fernando e Caio Mello; Clayton, Felipinho (Rodrigo) e Iago; Caíque. Técnico: Cláudio Prates. 

Publicidade 3