A gestão da FBF (Federação Bahiana de Futebol) é “nova”, mas as situações desconfortáveis envolvendo a instituição são antigas. Neste sábado (19), o fotógrafo Marcelo Oliveira foi impedido de cobrir a partida entre Bahia de Feira e Jacuipense, na arena cajueiro, por ordem da Federação.

Testemunhas informaram ao Galáticos Online que o delegado da partida Jean disse que o profissional não poderia exercer sua função por conta de ordens superiores.

O que causa estranheza é que Marcelo solicitou o credenciamento junto à instituição, porém a FBF, sequer, respondeu o pedido.

A diretoria do Bahia de feira tentou interceder, mas não foi o suficiente. Impedido de trabalhar, o fotógrafo está à delegacia fazer um B.O (Boletim de Ocorrência) contra Jean e o presidente Ricardo Nonato Lima.

Marcelo Oliveira é fotógrafo do jornal Folha do Norte e vem sofrendo perseguição da instituição desde o ano passado, quando o ex-presidente chegou a proibir Marcelo de trabalhar até em jogos da CBF.

Ricardo Nonato Macedo de Lima substitui Ednaldo Rodrigues, que esteve à frente da FBF desde 2001. Ricardo Nonato tem Manfredo Lessa Pinto no cargo de vice-presidente e assume mandato de quatro anos válido até 16 de janeiro de 2023. Ricardo Nonato de Lima foi vice-presidente da FBF no último quadriênio e, em 2018, eleito por aclamação presidente da entidade.

Publicidade 3

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui