Foto: Carla Márcia/ Arquivo Pessoal

A baiana Polyanna Dourado, de 36 anos, que engravidou de quadrigêmeos de forma natural, deu à luz no início da tarde desta sexta-feira (4), no Hospital Santo Amaro, em Salvador. José Vilela, pai de Polyanna, contou que o último dos quatro netinhos nasceu por volta das 12h30. Mãe e crianças passam bem.

Dos quatro recém-nascidos, três são meninos e uma é menina. Entre os garotos, dois são univitelinos, ou seja, são idênticos fisicamente. Os nomes escolhidos para os bebês são: Mateus, Miguel (os dois univitelinos), Leonardo e Júlia.

Ainda segundo o avô, as crianças têm entre 1,2 kg e 2,2 kg. Eles devem passar entre 10 e 15 dias na UTI neonatal, para depois receberem alta. Polyanna, que já tem uma filha dois anos, tem previsão de deixar o hospital em dois dias.

Vilela comemorou e agradeceu que os netos e a mãe estão saudáveis. “Tudo certo, graças a Deus”. Sobre a filha, que segundo ele não consegue dormir direito há tempos, por conta do barrigão, ele a descreveu com uma palavra: “Guerreira”.

Foto: Carla Márcia/ Arquivo Pessoal

Polyanna recebeu a notícia da gravidez em junho, quando, após uma ultrassonografia, foi informada que esperava três bebês. Após 15 dias, ao realizar um segundo exame, descobriu que tratava-se de uma gravidez de quadrigêmeos.

“Tomei um susto, fiquei muito nervosa, chorei. Foi muito complicado, mas realmente é uma benção”, disse a mulher, que é filha única.

Marido de Polyanna e pai das crianças, Dieslan Dourado disse que também se assustou quando soube da notícia.

“Quando a médica falou que eram três placentas, eu gritei: ‘Três?’. Aí com 20 dias, eu estava lá em Irecê, andando de moto, aí Poly me ligou e contou que eram quatro. Eu parei a moto, quase que caio da moto. Fiquei assim parado pensando: ‘Quatro?’. Toda vida será bem-vinda. Não tem explicação, a emoção é muito grande”, falou o papai.

FONTEG1
COMPARTILHAR

Deixe uma resposta