Crédito da Foto: Aratu Online

Na manhã desta quarta-feira (12/12) será votada na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), a reforma administrativa proposta pelo governo do estado.

A medida prevê a redução de cargos comissionados e a extinção de órgãos, como a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) e empresas públicas, além do aumento da contribuição previdenciária dos servidores públicos de 12% para 14%.

A reforma só poderá entrar em vigor com a aprovação da casa. O governo visa economizar R$ 400 milhões anuais com as medidas.

Insatisfeitos com a proposta e com medo de demissões, diminuição de salários e perda de direitos, representantes de várias categorias invadiram o prédio da Alba, localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB) na tarde de segunda-feira (11/12) com o intuito de protestar contra as medidas e tentar barrar a reforma administrativa.

A sessão foi encerrada, bem como a discussão das pautas – incluindo a votação da reforma administrativa – e será retomadas nesta quarta.

Publicidade 3

Comentários

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui