Publicidade 2
Foto: Sandra Travassos/ AL-BA

O governador Rui Costa se reuniu durante toda a semana com líderes de bancada da Assembleia Legislativa da Bahia e parlamentares da sua base para tratar sobre eleição da Casa.

O governador chamou deputados “individuais”, que não responde por bloco e são estratégicos, a exemplo de Jânio Natal, único do Podemos na AL-BA e Pastor Isidório (Avante), que já colocou o filho, João Isidório como candidato a presidência. Comenta-se nos bastidores que o parlamentar deve retirar a candidatura do filho nos próximos dias.

Conforme informações, Rui Costa se reúne na quarta-feira (5) com dois principais candidatos e bate o martelo sobre o nome do grupo que substituirá o atual presidente Angelo Coronel (PSD). Já que a bancada de oposição não deve lançar nome na disputa, a eleição tende a ser com candidato único. Sendo assim, a definição do candidato sai na próxima semana.

Três candidatos estão no páreo, Alex Lima (PSB), Adolfo Menezes (PSD) e Nelson Leal (PP), além do estreante na Casa, João Isidório, deputado mais votado dos 63 eleitos no pleito deste ano. Nelson Leal saiu na frente da disputa e anunciou 19 apoios.

“Estamos aguardando o governador para definir quem será o candidato, ele já ouviu todos os líderes dos partidos, imagino que estejamos caminhando pra uma definição na próxima semana”, disse um parlamentar da base, neste sábado (1).

Em meio a essa polêmica, Rui precisa dos deputados para aprovar o pacote de medidas impopulares que inclui a reforma administrativa e econômica. Espera-se que o chefe do executivo estadual una a base e acalme os ânimos para contar com os 45 votos do grupo na votação dos projetos enviados à AL-BA.

Deixe uma resposta