Publicidade 2

Atendendo a determinação da desembargadora Sílvia Zarif, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, Angelo Coronel, suspendeu a realização do concurso público previsto no edital 001/2018.

O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) que havia suspendido certame da AL-BA. A alba havia entrado com recurso para que a seleção fosse aplicada.

Em nota, a AL-BA afirma o chefe do Poder Legislativo baiano suspendeu o edital diante da determinação judicial e para preservar os interesses dos inscritos no concurso.

As provas agendadas para o dia 16 de dezembro foram canceladas, bem como as demais etapas subsequentes. De acordo com a AL-BA e Fundação Getúlio Vargas, os candidatos que fizeram a inscrição no concurso permanecem inscritos e não vão precisar realizar qualquer procedimento de recadastramento.

Os inscritos que não concordarem com a nova data poderão requerer o reembolso do valor pago pela inscrição.

Deixe uma resposta