Publicidade 2
André Lima está entre os atletas dispensados (Maurícia da Matta / EC Vitória)

A primeira providência tomada pelo Vitória após o rebaixamento para a Série B em 2019 é afastar sete jogadores. O zagueiro Aderllan, os laterais Bryan e Lucas, o volante Arouca, o meia Rhayner e os atacantes André Lima e Wallyson não treinam mais na Toca do Leão.

O anúncio foi feito pelo presidente do rubro-negro, Ricardo David, em entrevista coletiva nesta terça-feira (27) à tarde. Todos os atletas tinham contrato com o Vitória apenas até o final deste ano e já foram liberados para as férias.

“Hoje já começamos a trabalhar para 2019. Estes jogadores foram liberados por não terem contrato para o ano que vem e não estarem no planejamento para a próxima temporada”, anunciou o presidente.

Todos exceto André Lima, que tinha contrato em definitivo, estavam na Toca do Leão por empréstimo. Aderllan, Arouca e Rhayner vinham sendo utilizados pelo técnico João Burse nas últimas partidas da temporada.

Bryan e Wallyson já não vinham sendo relacionados. Lucas só entrou em campo contra o Cruzeiro, no dia 21 de novembro, por conta da suspensão de Jeferson e da lesão de Rodrigo Andrade. Ele não jogava desde julho.

Outros seguem nos planos

Segundo Ricardo David, os demais atletas que têm contrato terminando no final deste ano seguem nos planos e disputarão o duelo com o Palmeiras, no domingo (2), às 16h (horário da Bahia) no Allianz Parque.

“Estamos em análise se vamos renovar com eles ou não. Alguns interessam para 2019. Vamos aguardar o jogo de domingo, afinal de contas temos uma partida de Série A para ser jogada. A partir daí, alguns não ficarão”, disse.

Estão nessa categoria o goleiro João Gabriel, o lateral direito Jeferson, o lateral esquerdo Juninho, o zagueiro Walisson Maia, o volante Fillipe Soutto, o meia Guilherme Costa e o atacante Lucas Fernandes.

Deixe uma resposta