Publicidade 2

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) participou, nesta terça-feira (13), no Salão de Convenções do Windsor Plaza Hotel, em Brasília, da abertura do 63° Encontro Nacional dos Detrans. Serão dois dias de debates sobre os avanços e desafios dos estados, em serviços de trânsito e segurança viária.

Os dirigentes dos Detrans fizeram um balanço positivo das ações realizadas durante o ano, com ênfase em inovações tecnológicas, operações da Lei Seca e campanhas educativas. Eles também levantaram questões que estarão na pauta dos órgãos em 2019.

O Detran-BA defende a padronização nacional do credenciamento dos despachantes, com a normatização da preparação, atribuições, obrigações e direitos dos profissionais. O departamento baiano propõe também que a transferência de propriedade do veículo seja por meio de processo eletrônico.

“A população precisa da garantia que o despachante está bem preparado para atuar junto aos Detrans. Já a transferência eletrônica seria a continuidade do processo digital, que chegou primeiro na habilitação e está sendo implantado no documento do veículo”, pontuou o diretor-geral do Detran-BA, Lúcio Gomes.

Deixe uma resposta