Publicidade 2
Foto: Alagoinhas Hoje

Preocupado com o prejuízo para a população, que terá menos acesso à Justiça para resolver problemas junto à União, o deputado estadual Alex Lima (PSB) se posicionou contra a desativação da Subseção Judiciária da Justiça Federal, no município de Alagoinhas.

De acordo com o parlamentar a decisão afetará negativamente a região, que terá menos acessibilidade à Justiça. “Entendo a necessidade da reorganização jurisdicional da seção e subseções judiciárias da Bahia, mas desativar uma subseção que atende quase 30 cidades, com certeza, não é a melhor opção. Precisamos dar mais comodidade ao interior e não tirar o que já funciona”, disse o deputado.

Além de Alagoinhas, a Subseção Judiciária da cidade atende demandas oriundas de Acajutiba, Água Fria, Araçás, Aporá, Aramari, Cardeal da Silva, Catu, Cipó, Conde, Crisópolis, Entre Rios, Esplanada, Inhambupe, Irará, Itanagra, Itapicuru, Jandaíra, Nova Soure, Olindina, Ouriçangas, Pojuca, Pedrão, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Rio Real, São Sebastião do Passe, Sátiro Dias e Teodoro Sampaio. “Essa desativação afetará muitos municípios. Peço ao governador Rui Costa, aos nossos senadores e a toda bancada da Bahia no Congresso Nacional que nos ajude a reverter esta decisão. É justo que as demandas de processos fiquem perto dos jurisdicionados. O que realmente precisamos é de mais juízes, servidores, melhor estrutura e qualidade no serviço para atender a população”, completou.

Deixe uma resposta