SANTO AMARO: Com salários atrasados, professores protestam nas ruas

Publicidade 2


Profissionais da Educação municipal de Santo Amaro, no Recôncavo, realizaram um protesto nesta quinta-feira (25) em função dos salários atrasados.

A categoria diz que os professores contratados estão sem receber há quatro meses e atraso no pagamento dos efetivos já vai completar dois meses.

Por meio de nota, a prefeitura informou que tem apresentado dificuldades para manter em dia os salários dos servidores públicos e pagamento dos fornecedores devido à emenda do teto dos gastos públicos.

Segundo a administração, a arrecadação média do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) da cidade é de R$ 2,5 milhões e as despesas são de R$ 4 milhões.

“A prefeitura já tem adotado medidas emergenciais para equilibrar as contas públicas municipais visando atender com equidade e qualidade o Sistema Municipal de Ensino. Inclusive algumas demissões. Este é um cenário de grande preocupação e que estamos direcionando todos os esforços para solucionar”, diz a nota.

Fonte: Bahia.ba

Deixe uma resposta