Após chuvas acima do esperado, prefeitura segue com força-tarefa para limpeza das ruas

Publicidade 2

A prefeitura de Alagoinhas segue trabalhando nas áreas mais atingidas pelas fortes chuvas neste domingo(21), quando o município registrou 60mm de volume, superando a média pluviométrica prevista para o mês de outubro inteiro. Durante todo o dia de ontem, uma força-tarefa formada pelas Secretarias de Infraestrutura(SECIN), de Serviços Públicos(SESEP) e do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) se uniram numa força-tarefa e foram a campo com maquinário e sugador para regularizar os estragos provocados pela intensidade da chuva. Não houve registro de feridos, desaparecidos ou desabrigados.

Nesta segunda-feira(22), mais de 100 funcionários da prefeitura se concentram no Silva Jardim, Airton Sena , Severino Vieira ,Terminal de ônibus,Rua do Catu ,Cavada, Parque da jaqueira eJJ Seabra. Entre as ações, estão a limpeza com retirada de sedimentos, desobstruções de bueiros e galerias, e ainda uma análise técnica destes locais. Só na Lagoa da Cavada, duas bombas estão sendo utilizadas para diminuir o nível da água.

Com uma equipe extra disponibilizada neste domingo para o auxilio no trabalhos de desobstrução de redes de drenagem, esgotos e lavagem dos imóveis, o SAAE segue monitorando as reclamações realizadas por meio do 3403-7760 e 998180 4500(whatsapp).

Com previsão de mais chuvas fortes nos próximos dias, a equipe técnica da Semas também continua de prontidão para atender os casos que sejam encaminhados. “Estaremos mobilizados para orientar as pessoas que possam estar em risco durante a incidência de chuvas e garantir a assistência necessária”, afirmou o secretário da pasta, Alfredo Menezes.

Como parte dos trabalhos de prevenção a alagamentos, que inclui a limpeza e desassoreamento dos rios e córregos de Alagoinhas, já estão em andamento as obras do Sistema de Macrodrenagem da Poligonais, que resolverá o problema de forma definitiva. A obra, que tem prazo para execução de 12 meses, beneficiará trechos de que vão desde a Dantas Bião à Santa Terezinha. Nesse sentido, a prefeitura também já abriu o processo licitatório para a macrodrenagem da Cavada,que prevê um investimento de mais de R$ 8 milhões para a resolução efetiva do problema em diversos outros trechos da cidade.

Deixe uma resposta