19ª Base Comunitária do Estado é inaugurada em Barreiras

Publicidade 2

Projetos de música, informática, aulas de judô e capoeira para os jovens, além de yoga para a terceira idade, são algumas das ações que já estão ao alcance dos moradores do bairro de Santa Luzia, em Barreiras, de forma gratuita.

As atividades são disponibilizadas pela Base Comunitária de Segurança (BCS), inaugurada na manhã desta quinta-feira (18), com a presença do secretário da Segurança Pública do Estado, Maurício Barbosa, e o comandante-geral da PM, coronel Anselmo Brandão.

Mais de R$ 1 milhão foi investido na construção da unidade, que conta com sala de informática, área destinada à realização de aulas, entre outros espaços. Esta é a 19ª BCS lançada no estado, sexta no interior da Bahia.

 “Em todas as áreas onde o policiamento comunitário foi instalado houve grandes reduções nos crimes violentos e um alto índice de recuperação e participação dos jovens”, afirmou o secretário Maurício Barbosa. Ainda segundo ele, a expectativa é de que, após o início das ações da BCS, os índices criminais na região sofram redução de, pelo menos, 50%.

A BCS de Barreiras levará o conceito de polícia cidadã a mais de 18 mil moradores que vivem no bairro de Santa Luzia, o mais populoso de Barreiras. “São bairros desassistidos pelos órgãos públicos, tendo em vista a falta de iluminação, cobertura asfáltica, o que torna o trabalho mais difícil. É uma população carente que vai poder contar com a Base como um elo entre ela e os demais serviços que tanto necessitam”, afirmou o comandante da unidade, tenente Eder Santos.

Entre as características do policiamento comunitário, a aproximação dos policiais com a população é a mais importante. “Ter a comunidade ao nosso lado será, sem dúvida, indispensável para termos um bairro cada vez mais pacificado”, finalizou.

Deixe uma resposta