Laudo aponta que incêndio na Assembleia Lagislativa da Bahia foi acidental

Publicidade 2
Foto: Vanderson Nascimento/TV Bahia

O incêndio que atingiu a Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), situada no Centro Administrativo (CAB), em Salvador, no dia 28 de julho deste ano, foi acidental. É o que aponta o laudo divulgado nesta terça-feira, 16, pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT). 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a causa provável para a perícia foi um curto-circuito. Com isso, foi descartada a existência de ação criminosa. 

Indícios apontaram que as chamas começaram na instalação elétrica. A presença de materiais inflamáveis utilizados na reforma do imóvel ajudaram a ampliar o fogo.

Ainda de acordo com a SSP-BA, depoimentos dos servidores da Alba, de funcionários da empresa e dos bombeiros confirmaram a ausência de sinais de ação criminosa. O inquérito foi encaminhado para o Ministério Público Estadual (MP-BA).

Com a conclusão do laudo, o prédio foi liberado após mais de dois meses para investigação sobre as causas do incêndio. A primeira sessão realizada na Alba ocorreu na tarde desta terça.

Fonte: A Tarde

Deixe uma resposta