SSP-BA e PF apreendem 2,3 toneladas de maconha a caminho de Salvador

Bahia Cidades GERAL
(Foto: Divulgação/SSP-BA)

Policiais militares da Bahia e policiais federais interceptaram uma carga de 2,3 mil quilos de maconha, avaliada em R$ 34,5 milhões, em Cândido Sales, Sudoeste do estado, na noite de terça-feira (9). 

Essa é a segunda grande apreensão da droga em operações conjuntas da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA) e da Polícia Federal: na noite de segunda (8), 3 toneladas da erva, avaliadas em R$ 45 milhões, foram apreendidas em Feira de Santana, Centro Norte do estado.

Equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Sudoeste participaram do flagrante, realizado após as equipes da PM e PF montarem um bloqueio na BR-116. 

Por volta das 22h desta terça, o caminhão com placa BZN-4752, que aparentemente levava apenas bobinas de papel, foi abordado. Com ajuda do cão farejador Zeus, da raça Pastor Malinois, da Cipe Sudoeste, os pacotes com maconha prensada somando 1,8 tonelada foram encontrados.

Segundo a SSP-BA, o caminhoneiro, preso em flagrante, informou que pegou a droga no Paraná e que o destino final seria Salvador.

Mais drogas
Ainda em depoimento preliminar, ele contou aos policiais sobre um local, também em Cândido Sales, usado para armazenar entorpecentes. No galpão foram encontrados mais 440 kg de maconha e um veículo da marca Audi com mais 60 kg da mesma droga.

Um homem conseguiu fugir pelo matagal quando notou a chegada da polícia, mas uma mulher terminou capturada.
Joaquim Carlos de Souza (caminhoneiro), Marilene Pereira Porto Lima, presos em flagrantes, as 2,3 toneladas de maconha, o caminhão e o carro importado foram apresentados na base da PF, em Vitória da Conquista, também no Sudoeste.

“Desde 2011 implantamos a filosofia da integração entre as forças estaduais e federais. Nossas reduções de homicídios, roubos a banco e também o aumento nas apreensões passam por esse trabalho unido. Parabéns a Cipe Sudoeste e aos nossos irmãos da PF”, destacou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Fonte: Correio 24h

Deixe uma resposta