Moradores do Baixão já aproveitam benefícios do novo Sistema de Abastecimento de Água

Publicidade 2

Em meio a uma variedade de plantas agora vistosas, Valdinara da Silva — ou simplesmente Dôra, como é conhecida — não contém o sorriso quando vê a água cristalina saindo da torneira e caindo no balde. O barulho do líquido mais preciso que existe ao se chocar com o recipiente de alumínio é música para seus ouvidos.

A cena vista naquela casa situada à beira de uma estradinha de terra ladeada por vegetação é um exemplo da mudança que, graças ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) Alagoinhas, começa a ocorrer com a implantação do Sistema de Abastecimento de Água do Baixão, localidade do distrito Riacho da Guia, a cerca de 30 km da sede.

“Antes era um terror… A gente caminhava de quinze a vinte minutos até o brejo pra pegar água pra lavar, pra tomar banho, ou tinha que ir ao riacho pegar água pra cozinhar e beber”, conta a moradora. Há oito anos morando ali, agora tem a chance de viver uma realidade melhor. “Agora temos água limpa, não mais salobra”.

Novo poço

Ao tomar conhecimento da perfuração de um novo poço por parte do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), a autarquia solicitou formalmente a responsabilidade da operação do sistema. A iniciativa — de extrema importância por possibilitar que em vez de se deslocar até o chafariz, os moradores recebam água devidamente tratada diretamente em suas residências — atesta o compromisso do SAAE para o bem-estar e a saúde da população. Caso contrário, moradores como Dôra continuariam dependentes do deslocamento e da coleta manual de água.

Os benefícios da ação já estão sendo usufruídos, conforme atesta dona Helena Mendes. Aos setenta e sete anos, dos quais cinquenta e seis foram passados numa propriedade do Baixão, a quase octogenária relembra o que agora já é passado. “A água que a gente usava era sal puro, me fazia até mal”, conta, logo em seguida comemorando a conquista. “Já passei muita necessidade de água, a gente vem sofrendo não é de hoje, mas agora estamos no céu, finalmente água boa”.

Dona Helena cultiva até uma hortinha caseira. “Antes nem adiantava plantar nada”, revela, mostrando orgulhosa os vegetais bem desenvolvidos no fundo do terreno.

E é só o começo. Atualmente, o sistema está em fase de testes, uma etapa padrão que serve para identificar as eventuais necessidades de correções e adaptações. Em um trabalho conjunto entre as diretorias Técnica e Comercial serão realizadas ainda, respectivamente, extensões de rede e cadastramento dos imóveis. Somente a partir de então o consumo será cobrado.

Histórico

Desde 2015, embora a autarquia continuasse a abastecer a localidade e a realizar os reparos técnicos quando necessário, a prestação do serviço não estava sendo cobrado, devido à reclamação generalizada sobre a qualidade da água proveniente de um outro poço.

 

Além do atendimento presencial no Posto de Atendimento (Rua Moreira Rego,9977, Centro), há o WhatsApp e o Call Center. Pelo aplicativo, basta enviar uma mensagem (75) 981804500; o retorno sempre é instantâneo. Pelo Call Center, é só ligar gratuitamente para 0800 702 7065.

ASCOM Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE Alagoinhas

Deixe uma resposta