Funcionários da empresa Marte Transportes entram em greve na Bahia

Publicidade 2

Os rodoviários da empresa Marte Transportes S.A. entraram em greve por tempo indeterminado nesta sexta-feira (28). Segundo o Sindicato dos Rodoviários, os funcionários exigem o pagamento dos tickets de alimentação, horas extras, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e os fardamentos.

A empresa é responsável por linhas intermunicipais que circulam entre Salvador, Feira de Santana, Acajutiba, Conde, Esplanada, Entre Rios, Jandaíra, Cardeal da Silva, e Capim Grosso e a linha Salvador – Petrolina, embora o município fique em outro estado.

De acordo com o sindicato, a greve só vai ser encerrada após o pagamento das dívidas.

Segundo a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), ainda não foi possível avaliar os impactos da paralisação, e os passageiros prejudicados pela greve devem procurar linhas oferecidas por outras empresas. [Veja lista no final da reportagem].

Conforme a Agerba, a situação dos rodoiviários é acompanhada junto à empresa Marte Transportes para que a operação regular seja retomada. Em caso de permanência da situação de greve, os itinerários com saídas de Salvador, não ofertados diretamente por outras concessões serão autorizados emergencialmente a empresas regulares do sistema, informou o órgão.

O G1 tentou contato com a Marte Transportes S.A., mas, até a publicação desta reportagem, não conseguiu.

Confira as opções de linhas disponíveis durante a greve:

625 – Salvador – Esplanada (via BA-099), operada pela Expresso Linha Verde, (contempla Conde)

625A – Salvador – Inhampube – (Via Esplanada – BA 099), operada pela Expresso Linha Verde, (contempla Conde e Acajutiba)

626A – Salvador – Rio Real (Via Itanhi – BA 099), operada pela Expresso Linha Verde, (contempla Jandaíra)

637 – Serrinha – Esplanada (Via Rio Real), operada pelo Expresso São Matheus, (contempla Rio Real)

715 – Rio Real – Feira de Santana (Via Acajutiba), operada pelo Transoares Transportes, (contempla Rio Real, Acajutiba, Feira de Santana.

A cidade de Capim Grosso é coberta por empresas que operam os destinos de Petrolina, Juazeiro e Jacobina. Para chegar em Entre Rios e Cardeal da Silva os passageiros podem realizar transbordo em Alagoinhas, até que a situação seja regularizada.

Fonte: G1

Deixe uma resposta