Juiz do Trabalho ouve testemunha por aplicativo de rede social

Publicidade 2

Em audiência realizada na tarde desta terça-feira (25/9), o juiz titular da 3ª Vara do Trabalho de Ilhéus, José Cairo Júnior, usou um aplicativo de rede social para ouvir testemunha que se encontrava em outra jurisdição.

O contato, que é autorizado pelo § 1º, art. 453 do Código de Processo Civil de 2015, foi feito com conhecimento prévio da testemunha e das partes envolvidas na ação.

Além de suprir a necessidade de provas, a inovação contribui para a duração razoável do processo e evita sobrecarregar outra vara, da localidade onde a pessoa ouvida reside, para que realize audiência específica com ela.

 

Secretaria de Comunicação Social do TRT5

Deixe uma resposta