Ouvidoria se reúne com moradores da comunidade de Santa Terezinha e organiza primeira atividade do projeto “Gabinete de Rua”

Publicidade 2

Com foco em aproximar o diálogo com a população e em dar celeridade às necessidades da comunidade, a Prefeitura de Alagoinhas, através da Ouvidoria Municipal, está lançando a proposta “Gabinete de Rua”, que transfere o atendimento do ouvidor municipal para um bairro da cidade em um dia da semana.

A intenção é que o morador não precise sair da sua localidade para fazer a manifestação, solicitação, sugestão, crítica ou elogio, facilitando o canal de diálogo entre a gestão e a comunidade. “É uma forma de colaborar e também de estreitar laços com a comunidade, favorecendo a construção de uma relação positiva. É um dia de trabalho normal. Eu vou para atender, para democratizar e para registrar as demandas da comunidade. O intuito é sanar as dificuldades emergenciais”, afirmou o ouvidor David Ribeiro.

A ação deve ocorrer uma vez por mês, em mais um programa de Ouvidoria Ativa que visa à continuidade dos serviços prestados à população. O projeto, que surgiu como desdobramento da participação da Ouvidoria em eventos de outros estados, fruto do intercâmbio de experiências e da troca de referências e informações entre profissionais da área, promete aumentar a capacidade resolutiva do município.

“Nós podemos construir, dialogar, intermediar questões, promover a cidadania e a participação popular na Administração Pública. O vínculo com a população é uma das exigências do prefeito Joaquim Neto e o Gabinete de Rua será mais uma ação pioneira da Ouvidoria Ativa, que tem se destacado com uma das mais atuantes do estado”, ressaltou Ribeiro.

Segundo ele, com as alterações no decreto pela Ouvidoria-Geral da União e com as determinações da Lei de Acesso à Informação, o setor passa a ter um papel fundamental para a resolutividade de questões apresentadas pela comunidade.

A partir de agora, o Gabinete de Rua chega como mais uma forma de buscar resultados que validem o direito do cidadão ao acesso transparente das ações realizadas pela gestão.

Foi pensando nos relatos da comunidade e na iniciativa que aproxima Administração Pública da população que o ouvidor se reuniu, na manhã desta terça-feira (25), com representantes da associação da comunidade de Santa Terezinha, na Praça do CEU.

Os moradores apresentaram as principais dificuldades que a população tem encontrado na região e avaliaram positivamente a iniciativa. A previsão é de que a 1ª atividade do “Gabinete de Rua” seja realizada no teatro da Praça do CEU. O atendimento está marcado para o dia 23 de novembro, das 8h às 16h, e qualquer cidadão pode comparecer para registrar a sua manifestação.

“Nós estamos nos mobilizando para resolver. Nem sempre a solução chega imediatamente, mas os encaminhamentos podem e devem ser feitos. É o nosso compromisso e temos trabalhado com muita responsabilidade”, finalizou David Ribeiro.
Uma estrutura será montada no local para atender a comunidade e a ação seguinte, segundo a Ouvidoria, deve acontecer na zona rural.

Deixe uma resposta