Cerimônia de 40 anos da fundação do Colégio Dínamo de Alagoinhas é marcada com inauguração da maior quadra poliesportiva do interior da Bahia

Publicidade 2


Com abertura dos jogos Dinâmicos 2018 e inauguração da maior quadra poliesportiva de colégio particular do interior da Bahia, o Colégio Dínamo comemorou os seus 40 anos de sua fundação, na noite desta quarta-feira passada (12), o ginásio foi feito com o melhor em infraestrutura e tecnologia de ponta para eventos esportivos e sociais.
“Na Bahia é difícil encontrar um ginásio como esse, com essa infraestrutura. O piso da quadra é de última geração. dando segurança, conforto dos atletas, além de durabilidade, com um piso modular, material de elevada resistência mecânica, a tabela de basquete profissional móvel com elevação hidráulica, para competições oficiais, que só visto em uma escola do estado em Cajazeiras, na capital”. Finalizou Alfredinho Menezes Filho.


O Ginásio leva o nome em homenagem de um dos seus fundadores “José Alfredo Menezes”, que ao lado do professor Benedito Rangel, eles criaram primeiro o curso de pré vestibular em 1976 no salão Cid Bastos, ao lado do convento São Francisco.
O projeto desses dois professores era oferecer aos estudantes da cidade uma educação de qualidade que lhes possibilitassem concorrer com estudantes da capital e de outras cidades em igualdade de condições, no mais diversos vestibulares do país, sem que fosse necessário deslocar-se para Salvador a fim de se preparar-se. Assim em 1978, o curso pré- vestibular foi transformado em Colégio, passando a funcionar na Rua Luiz Viana, 510, onde tem até hoje suas instalações.


Uma das primeiras alunas que terminou seu ensino médio no Colégio Dínamo, Nazarela Rêgo, foi a aluna mais nova da Bahia, que com apenas 16 anos, no ano de 1981, passou em um vestibular, rendendo matérias nos jornais locais da época, e falou que foi muito importante essa passagem em sua vida e em sua formação, e que seu irmão e sobrinha também se formaram na instituição.
Estiveram presentes alunos, ex-alunos, colaboradores, professores e autoridades, dentre eles; o Vereador e presidente da Câmara de Alagoinhas Roberto Torres, a primeira Dama Carla Reis, representando o prefeito Joaquim Neto.
Ausente ao evento por motivos de saúde, e um dos fundadores Benedito Rangel, foi representado por sua esposa, Coordenadora Pedagógica Judite Pinheiro.

A professora e colaboradora Gorete Menezes disse em seu discurso que aquele era um momento especial. “Sinto-me honrada em fazer parte dessa família e dessa história, pois fui também uma das primeiras alunas, mas confesso que só não gostava de futebol e por isso me colocaram como gandula, o que não gostei também”, disse Gorete, bastante emocionada.
Depois as homenagens descerraram a faixa e a placa inaugural com nome do ilustre professor José Alfredo Menezes.

Marcio Ramos
Jornalista DRT 5202/BA
Conselheiro ABI

Deixe uma resposta