Estádio Carneirão tem obras adiantadas para o Campeonato Baiano 2019

Publicidade 2

Promovido para a elite do futebol baiano, o Atlético de Alagoinhas está reformando o estádio Carneirão para que o equipamento esteja dentro dos requisitos da Federação Bahiana de Futebol (FBF). Em 2019, o Carcará vai disputar a Série A do Campeonato Baiano e está trabalhando para disputar os jogos dentro da sua casa. O presidente do clube, Raimundo Queiroz, falou da obra e espera que até dezembro os trabalhos estejam finalizados.

“O estádio está em plena reforma. Já tirou toda a grama. A outra parte da geral está sendo reformada toda, escada, arquibancada. As obras estão bem adiantadas e a previsão é que fique tudo pronto até dezembro”, afirmou com exclusividade. “Inclusive já assinamos contrato com a empresa que vai torcar o gramdo. É a mesma que trocou o gramado da arena do Palmeiras. E o pessoal chega amanhã para assumir essa obra do gramado”, disse. “E a parte da estrutura também estão fazendo”, completou.

Pensando na mobilidade para receber torcedores com alguma limitação física, o estádio contará com um espaço  especial.

“Já fizemos também o espaço para deficientes, reformamos todos os bares, os banheiros também foram reformados. Fizemos melhorias nas cabine de honra, nos vestiários, na iluminação. Fizemos uma área de aquecimento dos times para não aquecerem no gramado”, revelou.

Raimundo Queiroz ainda deu detalhes sobre a viabilização da obra. De acordo com o mandatário, o clube buscou parceiros e patrocinadores e a Prefeitura de Alagoinhas não vai precisar colocar nenhum centavo dos cofres públicos na empreitada.

“A parte da estrutura do estádio está sendo feita pela J. Nunes, que é uma empresa daqui que constrói apartamentos e casas. Nós fizemos uma parceria com eles. A parte do gramado foi um investimento 100% da cervejaria Itaipava, do Grupo Petrópolis. A prefeitura entra com custo zero”, explicou. “Das empresas para a troca de gramado fizemos os orçamentos com três e dentre elas, ganhou essa empresa responsável pelo gramado do Palmeiras”, finalizou.

Por Glauber Guerra / Leandro Aragão – BN

Deixe uma resposta