Vereador diz que foi barrado do camarote do prefeito Joaquim Neto no 7 de Setembro

Publicidade 2

“Eu quero deixar aqui o meu repúdio pela forma como o prefeito Joaquim Neto tratou os movimentos sociais no 7 de setembro. Como nós somos agentes públicos votados pela população, ele tratou uma instituição que estava dentro do cronograma do cortejo do 7 de setembro, o ato e a autorização de aumentar o som do palanque quando nós da Frente Brasil Popular, do Partido dos Trabalhadores (PT), do movimento de esquerda, dos movimentos sociais, estávamos manifestando os nossos sentimentos no 7 de setembro, que não é do prefeito Joaquim Neto.

Aquele palanque não foi com o dinheiro do prefeito, foi com o meu dinheiro também, com o dinheiro daquelas pessoas que ali estavam. O vereador Luciano Sérgio (PT) subiu no palanque e quando eu tentei subir, eu fui barrado pela segurança despreparada que me disse: de vermelho aqui não entra. A ordem que eu tenho aqui, é que de vermelho não entra”, afirmou o vereador.

Fonte: Luciano Reis

Deixe uma resposta