Secretarias realizam primeiro encontro temático de avaliação do Planejamento Estratégico de Gestão

Publicidade 2
SEPLA – Apresentação do Planejamento estrategico – Fotos: Roberto Fonseca.

A Prefeitura Municipal de Alagoinhas, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento e Orçamento (SEPLA), realizou, na tarde desta quinta-feira (30), na Secretaria de Educação (SEDUC), o primeiro encontro temático de avaliação do Planejamento Estratégico de Gestão 2017-2020.

Após a reunião trimestral de acompanhamento, realizada com o prefeito Joaquim Neto e os secretários de todas pastas, a gestão iniciou nesta quinta-feira a etapa de reuniões temáticas, com o eixo de Desenvolvimento Social e Humano com a presença das secretarias de Saúde (SESAU), Educação (SEDUC) e de Assistência Social (SEMAS).

“O objetivo das reuniões é reforçar o acompanhamento dos avanços das metas e iniciativas estratégicas de cada área, bem como apoiar as pastas na busca de soluções para as dificuldades encontradas na execução. As reuniões semanais vão servir também para que todos possam manter o foco no desenvolvimento do plano de governo do Prefeito Joaquim Neto. Além disso, é uma oportunidade para compartilharmos experiências e boas práticas”, afirmou o secretário da SEPLA, Tácio Lobo.

Em relação as metas, os destaques foram o bom andamento na parte de obras, reformas, construções na área da Educação e os avanços pedagógicos visando a elevação nos índices de aprendizagem dos alunos. Na assistência social, foram avaliados positivamente os serviços de convivência e fortalecimento de vínculos, as ações relativas à aplicação dos programas sociais no município, as campanhas e o tratamento às pautas da diversidade. Já na saúde, o destaque ficou para o bom andamento das obras das novas unidades de saúde.

“As metas são constantemente revisadas por diversos fatores, a exemplo da dependência de outras instâncias governamentais para sua execução, como repasses do governo federal, e também pelo fato do planejamento não ser uma peça rígida, mas sim um guia para a manutenção das prioridades de gestão”, pontuou o secretário

Deixe uma resposta