Vinte e sete pessoas são pessoas presas em operação contra o tráfico de drogas no oeste da Bahia

Publicidade 2

A operação “Dark West”, desencadeada hoje, dia 29, nos estados da Bahia e São Paulo, resultou na prisão de 27 pessoas. Todos os presos são acusados de envolvimento com tráfico de drogas, associação para o tráfico e comércio ilegal de armas de fogo na região Oeste da Bahia. Além dos presos, quatro investigados resistiram à prisão, entraram em conflito com os policiais e acabaram morrendo.

Composta pelo Ministério Público estadual, em parceria com a Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia, por meio das polícias Civil e Militar, a força-tarefa cumpriu 23 mandados de prisão preventiva em Barreiras, dois em São Félix do Coribe, um em Irecê e um em Ibiúna, município de São Paulo. Ao todo, foram expedidos 38 mandados de prisão pelo juiz Maurício Barra, atendendo pedido dos promotores de Justiça Artur Rios e André Fetal, com base em 10 meses de investigação.

A força-tarefa identificou sete grupos associados para o tráfico atuando nos municípios de Barreiras, Irecê, Angical, Cotegipe, São Desidério, Luís Eduardo Magalhães, Cristópolis, Santa Maria da Vitória e São Félix do Coribe. Os grupos são suspeitos de negociar drogas, armas e munições. As buscas realizadas nos imóveis dos presos resultaram na apreensão de 15 quilos de cocaína, dinheiro, celulares, armas de fogo, anotações de tráfico, depósitos bancários, entre outros objetos. As investigações continuam com o objetivo de prender os outros integrantes das associações desarticuladas.

Cecom/MP

Deixe uma resposta